Entrevista traduzida: Henry Cavill para a Close Up Magazine

Acaba de ser divulgada a entrevista de Henry Cavill para a edição de Natal da revista britânica Close Up Magazine.

Confira a entrevista traduzida abaixo:

O ator Britânico Henry Cavill está nos holofotes nos últimos dois anos, mas ele esperou um bom tempo para conseguir chegar ao topo. Aqui ele fala sobre quase papéis, de fazer jus ao passado e improvisar no set!

Tem várias coisas sobre o astro de Hollywood Henry Cavill que pode ser difícil de acreditar de início. Com seus 1,85, e seu visual de ídolo teen que fez ele ganhar uma legião de fãs, você poderia achar que ele é da Califórnia ou de alguma outra fábrica de estrelas. Mas o ator com seu visual americano, que interpreta um ícone americano como o Superman, é um de nós. Nascido em Jersey, Cavill estudou em Buckinghamshire e apareceu em séries bem Britânicas na TV como “Midsomer Murders” na sua longa jornada ao topo.

A segunda coisa que pode ser difícil de acreditar, é que ele já foi considerado um dos atores mais azarados de Hollywood, por ter perdido um bom número de trabalhos, incluindo o mocinho de “Crepúsculo”, Cedric Diggory em “Harry Potter” e James Bond! Mas os anos de papéis perdidos chegaram ao fim e ele se tornou um dos mais procurados da indústria e protagonizou seu mais recente filme “O Agente da U.N.C.L.E.”, disponível em DVD esse mês.

Dirigido por Guy Ritchie, ele interpreta Napoleon Solo, um agente secreto americano dos anos 60 forçado a trabalhar com um espião russo, interpretado por Armie Hammer. Eles tem uma relação muito turbulenta nas telas, mas Cavill afirma que o oposto acontece fora “Armie e eu não tivemos problemas em trabalhar juntos, nós tomamos alguns drinks juntos durante nossas folgas também!” ele revelou durante um evento promocional do filme. “Para tentar e construir aquela animosidade… Não foi tão difícil, estava tudo escrito ali. E Guy é um diretor fantástico, ele sabe exatamente como achar aquela linha entre eles descordarem um do outro e trabalharem juntos e fazer isso ficar divertido ao mesmo tempo.”

Filmes do Guy Ritchie são famosos pela mistura de violência e humor – “Isso é certamente algo novo para mim, eu não tinha feito isso antes, mas Guy tornou isso bem fácil!” Cavill comenta, antes de revelar que o ex- Senhor Madonna trabalha com muito improviso, particularmente durante uma cena de briga bem complicada que aconteceu em pequenas cabines de banheiro! “Basicamente era para ser uma luta bem legal precisa naquelas cabines de banheiro, e não deu certo da primeira vez já que nenhuma das paredes quebrou, e nós caímos com tudo no chão, socando um ao outro na cara” ele diz, rindo. “Guy estava “Eu amo isso! Deixa assim! Não tente deixar isso ‘legal’!” E foi assim que aconteceu.”

É claro, nós não podíamos falar com Henry Cavill sem citar o Superman. Depois de ser o protagonista de apenas um filme, Cavill foi escolhido para protagonizar o filme de Zack Snyder “O Homem de Aço”, um papel que ironicamente ele tinha perdido sete anos atrás quando ele fez teste para “Superman O Retorno”, que finalmente o levou ao estrelato internacional, com o sucesso milionário fazendo dele o primeiro ator que deu continuidade ao papel desde o influente Christopher Reeve nos anos 70 e 80. “Christopher Reeve fez um trabalho tão incrível, que seria perigoso chegar perto disso (performance)” ele explica. “Com Zack em ‘O Homem de Aço’, eu construí o personagem do jeito que eu pude, em cima dos quadrinhos originais. Nós tentamos seguir com isso e ficarmos verdadeiros com o personagem que criamos.” O Seu Superman vai estar em um dos maiores filmes do próximo ano, enfrentando o vigilante de Ben Affleck no antecipado “Batman Vs Superman: A Origem da Justiça”, que também tem Amy Adams, Gal Gadot e Jesse Eisenberg no elenco.

Com tanto foco nele, não é surpresa que Cavill é muito discreto com sua vida pessoal. Tendo estado brevemente noivo da jockey Ellen Whitaker, ele também já foi ligado a algumas atrizes como Gina Carano e a atriz de “The Big Bang Theory” Kaley Cuoco. Existe uma grande legião de fãs devotados que acompanham ele desde o começo da sua carreira e estão lá em peso em toda a premiere e também online.

Vários atores que interpretaram Superman foram vitimas da chamada “Maldição da Capa” (‘The Curse of The Cape’) – devido a dificuldade em achar papéis depois de interpretar o super-herói, por causa do fato de que todos te conhecem por um certo papel. Isso aparentemente não é um problema para Cavill, escalado para o drama de guerra “Sand Castle” junto com seu segundo filme como Superman, e claro, também há planos para uma sequência de “O Agente da U.N.C.L.E.”. Então, será que ele ainda se sente azarado? “Eu não tenho certeza se algum dia eu me senti assim” ele diz com um largo sorriso, “na verdade eu tenho sido sortudo durante toda a minha carreira, espero que continue assim!”

Para ler a entrevista em inglês, clique aqui.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *