Graduação de Faixas do BJJ: Como funciona e em que “nível” está Henry Cavill

[POST IN ENGLISH]

O ator Henry Cavill adora praticar o Jiu-jitsu Brasileiro (BJJ) e pelas imagens que ele compartilha, podemos ver sua dedicação aos treinos com o atleta campeão e professor, Roger Gracie, em Londres.

Recentemente Henry divulgou que ganhou mais um grau na sua faixa branca, então resolvemos trazer nesse texto quais são os passos para os praticantes dessa arte marcial, desde o nível iniciante até a mais alta graduação.

Nós já falamos um pouco da história do Jiu-jitsu, e contamos que ele foi originado com base no judô e aperfeiçoado especialmente pela família Gracie, daí o fato de o sistema de faixas nos dois esportes ter alguma semelhança.

Para explicar essa tradição há uma lenda de que um novato nas artes marciais – incomodado com o fato de seu uniforme não ficar “parado” – providenciou uma faixa branca de tecido comum, para amarrar na cintura e assim poder treinar. Ele usou o mesmo tecido por vários anos sem trocar, o que tornou a faixa ‘encardida’, quase preta.

Em se tratando do jiu-jitsu, existem dois caminhos quando se trata da ordem das faixas: a sequência de quem começa a arte marcial na infância* até os 16 anos de idade, e a sequência para quem inicia na idade adulta.

*A IBJJF (International Brazilian Jiu-jitsu Federation), recomenda que uma criança inicie no Jiu-jitsu a partir dos 4 anos de idade.

Ordem das Faixas e tempo de Permanência:

» Branca: faixa inicial com permanência mínima de um ano
» Cinza: conquista-se essa graduação dos 4 até os 15 anos de idade
» Amarela: conquista-se essa graduação dos 7 até os 15 anos de idade
» Laranja: conquista-se essa graduação dos 10 até os 15 anos de idade
» Verde: conquista-se essa graduação dos 13 até os 15 anos de idade

A partir dos 16 anos, o praticamente inicia na faixa branca mas para passar de graduação, precisa alcançar quatro ‘graus’ em cada faixa. Então até a faixa marrom são cinco níveis, (a faixa lisa e mais quatro graus), sendo de responsabilidade de cada professor, avaliar e graduar o aluno.

» Azul: varia conforme o desempenho do atleta, geralmente permanece entre um ano e meio a dois anos para alcançar os quatro graus
» Roxa: varia conforme o desempenho do atleta, geralmente permanece entre um ano e meio a dois anos para alcançar os quatro graus
» Marrom: varia conforme o desempenho do atleta, geralmente permanece entre um ano e meio para alcançar os quatro graus

» A faixa Preta é dividida entre a lisa e mais seis graus, e o critério de graduação aqui não é mais do professor e sim determinado pela IBJJF.

Outro ponto que muda, é que os períodos de graduação a partir daqui são fixos.

» Coral (Vermelho e Preto – Mestre): representa o 7º da faixa Preta, os praticantes podem se graduar nessa faixa a partir dos 50 anos de idade.
» Vermelha e Branca: representa o 8º grau da faixa preta, os praticantes podem se graduar nessa faixa a partir dos 57 anos de idade.
» Vermelha (Grande Mestre): corresponde ao 9º e 10° graus da faixa preta.
No 9º, os praticantes podem se graduar a partir dos 67 anos, já o 10° é dedicado somente aos patronos do Jiu-Jitsu (Carlos Gracie, Gastão Gracie, Hélio Gracie, Jorge Gracie e Oswaldo Gracie).

O que não muda é o código de conduta. Todos os praticantes do Jiu-Jitsu devem ter disciplina, honra, dedicação e respeito: pela ‘arte suave’, (e o legado que ela construiu ao longo do tempo), pelo professor, pelo tatame, os companheiros de treino, e também por sua faixa e a evolução e responsabilidade que ela representa.

Os ensinamentos do Jiu-Jitsu são benéficos para todas as áreas da vida. Como num jogo de xadrez onde os oponentes criam uma estratégia e fazem seus movimentos com calma, atenção, foco, o atleta tem que fortalecer a defesa e atacar com consciência, executando os movimentos com perfeição.

As lutas são um jogo de inteligência, equilíbrio e força, (onde essa última não é a qualidade principal), em que controlar a mente é o essencial.

Significado das Cores:

Com essa base sólida de valores, percebemos que o significado de cada cor se encaixa muito bem com a filosofia da luta.

A cor branca simboliza a pureza do aluno diante o desconhecido, a mente limpa para absorver os aprendizados e a paz interior para enfrentar os desafios.

Na cor cinza os primeiros passos já foram dados e a faixa começa a ‘encardir’ conforme a lenda.

O amarelo remete a luz do sol, um renascer diário com novas habilidades.

Como só sol que após as horas do amanhecer tem sua luz mais forte, na tonalidade laranja o praticante deve entender que será cada vez mais exigido, com o decorrer do tempo.

A tonalidade verde simboliza a natureza em expansão, uma semente que deve ser cuidada . O aluno já domina movimentos básicos e está pronto para o estudo de táticas mais elaboradas para sua “sobrevivência”.

Azul é a cor do céu, a direção da evolução e crescimento. Aqui há a certeza de que se está no caminho certo e o atleta deve seguir com sabedoria e humildade. Pode significar o nível de maior exigência entre todas as graduações, exigindo perseverança e resiliência.

Da mistura do vermelho com o azul temos o Roxo, uma fase de transição com conhecimentos sólidos onde o aluno é considerado um faixa preta “em construção”, desde que mantenha a humildade, resiliência e sabedoria.

O marrom simboliza a solidez da terra, o “forte como uma rocha”! Uma base firme com conhecimentos que jamais serão perdidos.

O preto simboliza o guerreiro que nunca desistiu e soube enfrentar os desafios mantendo os valores e o amor à arte. A partir daqui o graduado pode transmitir seu conhecimento como professor, e construir o seu legado.

E por fim vermelho é uma cor primária, pura, quente, que representa a vida, a motivação e a paixão incansável pela arte.

Deu até vontade de seguir o “conselho“ do Henry e começar a praticar o Jiu-Jitsu:

“[…] Se algum de vocês estão considerando começar a treinar ou escolher alguma arte marcial, você realmente tem que tentar o Jiu-Jitsu Brasileiro! É de mudar a vida e muito muito agradável.

Como ele respondeu no Instagram para uma fã, que questionou o grau de dificuldade da arte: “Falando sério, apenas experimente. O professor certo nao vai tornar a experiência tão difícil para você quando você estiver no começo. É tudo uma questão de técnica“.

Atualmente Henry Cavill está com dois graus alcançados em sua faixa branca.

Então se você já pratica ou se animou para começar os treinos de Jiu-jitsu, conte para nós, e continue acompanhando o Portal Henry Cavill para saber tudo sobre Henry e seus treinos de BJJ.

FONTES: 1 / 2 / 3 / 4.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *