Henry Cavill Charity Updates #22

A Durrell Wildlife Conservation Trust, além de manter o Jersey Zoo – o Zoológico de Jersey – também coordena e apoia projetos conservacionistas por todo o mundo, trabalhando para salvar várias espécies da extinção.

Os Royal Marines, tem o fundo de caridade – Royal Marines Charity – que reverte os valores arrecadados para apoio aos militares que foram feridos em missões e suas famílias, além de melhorar a situação de trabalho dos oficiais em serviço, e investir em pesquisas de tecnologia para aplicar, por exemplo, em próteses e tratamentos de saúde e reabilitação.

Henry Cavill é embaixador dessas duas sérias instituições e nessa coluna, destacamos as atualizações dessas causas, na semana:

As redes da Durrell deram destaque na última semana, para o sucesso do projeto de preservação do papagaio amazônico – conhecido como Jaquot – o pássaro nacional da ilha caribenha de Santa Lucia.

Quando o projeto começou em 1975, haviam entre 100 e 200 indivíduos e hoje, após mais de 40 anos de trabalho na preservação dessa espécie, os números estão estimados entre 1750 a 2500 pássaros.

Para contribuir com esse projeto e conhecer mais sobre as ações da Durrell na preservação do papagaio de Santa Lucia, acesse www.durrell.org/wildlife/product/donation/

Outro projeto que comemora bons resultados é o dos porcos pigmeus, (em inglês pygmy hog). A espécie rara dos menores porcos do mundo é altamente ameaçada pela degradação de seu habitat. Com o projeto da Durrell de criação em cativeiro e as reentradas de indivíduos, em regiões de pastagens altas em montes do sul do Himalaia, observa-se que a espécie está se adaptando bem a essa etapa.

O aumento da população selvagem é confirmado através do monitoramento do projeto, com câmeras posicionadas em pontos estratégicos da mata, que registraram alguns dos porquinhos.

Além dos porcos, as câmeras também capturaram imagens de outros animais na região, como tigres, elefantes e rinocerontes.

Na última sexta-feira, (1), a Durrell deu destaque para sua parceria com o renomado Instituto de Pesquisas Ecológicas – IPE – no Brasil.

“#FridayFocus – Black Lion Tamarin (BLT) Em 1992, o graduado na Durrell DESMAN, Claudio Valladares-Pádua, estabeleceu o Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPE), hoje uma das maiores ONGs ambientais do Brasil. Claudio realizou o primeiro estudo de longo prazo sobre o mico-leão preto na natureza, cujos resultados foram essenciais para o planejamento de futuras ações de conservação para as espécies.

Desde então, o IPE tem liderado esforços para conservar o BLT em estado selvagem e, em 2015, foi premiado com o Prêmio Nacional de Biodiversidade pelo Ministério do Meio Ambiente para o projeto. O trabalho de campo de mico-leão preto agora é coordenado por Gabriela Rezende, também formada por Durrell DESMAN.”

A espécie que acreditava-se extinta foi redescoberta na década de 70, e com o trabalho dedicado do Instituto IPE e da Durrell, tem apoio e acompanhamento para reverter esse quadro.

O alto nível de desmatamento reduziu drasticamente a espécie na Mata Atlântica de São Paulo. Na década de 90, a Durrell começou o primeiro programa internacional de criação em cativeiro do mico-leão preto, (na época era a única instituição fora do Brasil a criar a espécie em cativeiro). Hoje, existem 55 indivíduos divididos entre o zoológico de São Paulo, o Centro de Primatas do Rio de Janeiro e o Jersey Zoo.

Em 2012, quando o projeto completou 10 anos, já haviam sido plantadas mais de 1.4 milhões de árvores, um espaço de mais de 700 hectares reflorestado que é apoiado pela campanha “Cans for Corridors” da Durrell.

Nós já falamos dessa parceria em nosso site, leia aqui em nosso site.

Siga a Durrell e o Instituto IPE e colabore com o projeto www.ipe.org.br/

Os Royal Marines começaram a semana pedindo fotos das crianças com a famosa boina verde, (em comemoração ao final de semana do feriado), e o resultado foi um momento de difícil decisão, sobre qual foto é a mais fofa!

Já na página do Desafio Commando, que acontece nos dias 14 e 15 de outubro, o Commando compartilhou dicas, que envolvem exercícios, treinos e até uma sugestão de dieta para os participantes se prepararem para as provas de 5k ou 10k.

Além disso, no site do Commando, você pode encontrar até um “mini dicionário”, com algumas gírias próprias dos RM. Listamos algumas dessas expressões abaixo:

Threaders: com raiva, farto.
Gen Dit: história genuína, honestamente.
Hoofing: excelente, incrível.
Pitchers: escuro.
Gucci: equipamento bom, novo e / ou caro.
Essence: atraente ou em boa condição física.
Gopping: desagradável, horrível, desagradável.
Wet / whet: bebida morna.
Scranning: comer.
Yomping: marchando longas distâncias.
Bootneck: apelido para um fuzileiro naval.

Ainda sobre o Desafio Commando, essa semana o obstáculo divulgado foi o Single Tunnel, ou Túnel Único.

Com a descrição sugestiva de “Nós nunca sabemos o que estará no chão do túnel”, os Marines perguntam se nós achamos que este será o obstáculo mais fácil do Desafio? (Depois dessa ficamos na dúvida!)

Todos os valores arrecadados com as inscrições nas provas, doações e atividades nos dias do evento, são revertidas para apoiar o Royal Marinhes Charity e o Devon Air Ambulance Trust.

Para saber sobre as dicas dos Marines para o Desafio acesse: www.commandochallenge.co.uk/guides-training-preparation


Acompanhe o Portal Henry Cavill em nosso Charity Updates, para saber tudo sobre as causas que o ator Henry Cavill apóia.

»»» theroyalmarinescharity.org.uk/
»»» www.durrell.org
»»» cavillconservation.com

[VEJA TODOS OS POSTS ‘HENRY CAVILL CHARITY UPDATES‘]

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *